Uma Nova Paróquia Franciscana: Maria Imaculada

A Comunidade do Parque Novo Oratório vai comemorar em dobro o Natal deste ano! Além da chegada do Menino Jesus, os fiéis ganharam um verdadeiro presente na tarde deste domingo (22/12), com a instalação da nova Paróquia Maria Imaculada, que foi capela por mais de cinco décadas, localizada na Rua Fenícia, 774, no Parque Novo Oratório, na Região Pastoral Utinga – Santo André. Desmembrada da Paróquia Nossa Senhora Aparecida e atendendo ao pedido do Ministro Provincial da Ordem dos Frades Menores Conventuais, essa é a 106ª paróquia da Diocese de Santo André.


O bispo diocesano Dom Pedro Carlos Cipollini celebrou a missa, que teve as leituras do decreto erigindo canonicamente o espaço, de capela para paróquia, e também a nomeação do Pe. Frei Carlos Alberto de Queiroz, da Ordem dos Frades Menores Conventuais, como primeiro pároco do local. O coordenador regional Pe. Renato Fernandez, bem como freis também participaram da celebração.
Ele quer a nossa colaboração para fazer acontecer no mundo, o Natal. Que Jesus nasça no coração das pessoas. E também na própria comunidade, uma comunidade missionária. Nós temos a satisfação de instalar essa paróquia. Maria Imaculada. Uma paróquia dedicada a Nossa Senhora, uma devoção muito querida do nosso povo brasileiro”, comenta Dom Pedro, ao citar as inúmeras paróquias dedicadas ao título de Imaculada Conceição na diocese (três em São Bernardo, uma em Mauá, uma em Diadema e uma em Santo André), sendo um terço dedicadas a Nossa Senhora.“Somos, de certa forma, uma diocese mariana”, complementa.

Sobre o novo pároco


Frei Carlos Alberto Queiroz nasceu em Lorena (SP), no dia 4 de maio de 1976 (43 anos). Foi ordenado frei no dia 2 de fevereiro de 2001. Durante a criação da nova paróquia, ele fez a profissão de fé, recebeu o livro dos evangelhos. Após a homilia, a tomada de posse do novo pároco prosseguiu com a renovação das promessas sacerdotais e a entrega de objetos simbolizando as tarefas do dia a dia. Por fim, o juramento de fidelidade a igreja.
urante o breve discurso, ele fez questão de relembrar as prioridades elencadas pelo Sínodo Diocesano: Acolhida e Missão, e a inspiração nas palavras do Papa Francisco: uma igreja pobre para os pobres.Pedir a graça de Deus que nos acompanhe. Como diz São Francisco de Assis: ‘nós, irmãos, pouco ou nada fizemos’. Vamos recomeçar”, frisa.



Testemunhas da história


A manicure Lindalva da Silva Pires, 64 anos, integrou equipe de liturgia, vivenciou a história de seis décadas da comunidade Maria Imaculada e presenciou o lançamento da pedra fundamental para a construção da capela, que seria celebrada no dia 10 de dezembro de 1989, a primeira missa, com o translado da imagem de Maria Imaculada, o término da construção, em 6 de junho de 1993, quando o até então bispo de Santo André, Dom Cláudio Hummes, consagrou o local. “Participar dessa comunidade faz parte da família. Crescemos juntos. É acolhedora, fraterna. É um prolongamento da minha casa. É o sentimento de pertença”, ressalta.

Já a pedagoga Laís Gomes Fernandes, 26 anos, participou durante anos do grupo de jovens, da equipe vocacional, da pastoral de comunicação e como catequista de Crisma. “Nesse momento é mais serviço. Ficamos muito felizes, porque já era uma comunidade com muito trabalho, a nível paroquial. Agora só oficializou isso e nos traz mais responsabilidade”, destaca.

 
Indique a um amigo