Pronunciamento do Ministro Provincial sobre a páscoa de Frei Maximiliano,OFMConv

PÁSCOA DO FREI MAXIMILIANO PEREIRA QUEIROZ (FREI MAX) 

"Louvado seja, meu Senhor, por nossa irmã morte" (São Francisco de Assis).

Caros freis, queridos familiares e amigos de Frei Max!

Estando no momento em visita familiar, colheu-me de surpresa o falecimento de nosso  Frei Max. Visitei-o no dia 7 de agosto, uma semana após deixar o hospital, tendo já cumprido o período de quarentena e confirmado que ele, surpreendentemente, à idade 96 anos, havia superado o Covid-19. Vendo-o em casa em processo de recuperação satisfatória e conhecendo sua vitalidade invejável, era impensável esperar por esse desfecho. Contudo, ao mesmo tempo que sua partida nos entristece, edifica-nos e conforta-nos o legado que ele nos deixa: irmão mais idoso, primícias das vocações em terras brasileiras e um dos pioneiros da Província São Francisco de Assis. Irmão religioso em sentido pleno, era caracterizado pela simplicidade,  alegria, pela boa acolhida a todos, pela piedade, atenção e assistência aos pobres. Como não recordar Frei Max sorrindo, fazendo algum gracejo, rezando e atendendo os pobres, dando-lhes comida e alguma esmola? Nossa vida passa rápido. "É como uma sombra que passa", diz o Salmo. Permanece a história que fizemos, o sentido pelo qual dedicamos a nossa existência. Do Frei Max  fica o seu testemunho: homem de Deus que viveu pelas coisas de Deus! 
Obrigado, Frei Max! Interceda por nos!

Paz e Bem!
Frei Aloísio de Oliveira 
Ministro Provincial

 
Indique a um amigo